Nossas Notícias

  Voltar

Lideranças do cooperativismo refletem sobre a importância da economia colaborativa - 2017-10-25 17:21:07.0


Com o objetivo de promover uma reflexão sobre o cooperativismo no cenário da economia colaborativa, o Sistema OCDF-Sescoop/DF promoveu ontem (24/10), o Encontro de Líderes Cooperativistas do DF. O evento reuniu 59 lideranças das cooperativas do DF e contou com a presença do superintendente do Sistema OCB, Renato Nobile, do diretor-presidente do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Marco Aurélio Borges de Almada Abreu e de colaboradores dos Sistemas OCDF e OCB.



Durante o evento, a Cooperativa de Trabalho de Profissionais de TI –Coopersystem lançou o aplicativo de notícias da OCDF, desenvolvido pela Cooperativa com o objetivo de disseminar o cooperativismo do DF, e os serviços e produtos oferecidos pelas cooperativas. O Vice-presidente da Coopersystem, Leomário Pereira apresentou as funcionalidades do App e como poderá ser feita sua adesão. Na ocasião, o presidente da Coopersystem, João Carlos Fonseca Cassebe e a presidente do Sistema OCDF-Sescoop/DF, Márcia Ionne Ramos Behnke assinaram o termo de doação do aplicativo à OCDF.

Gerente de Desenvolvimento da Gestão de Cooperativas do Sescoop Nacional, Susan Miyashita Vilela falou sobre o GDA

 Gerente de Desenvolvimento Social do Sescoop Nacional, Geâne Nazaré Ferreira falou sobre o GDH

Os participantes tiveram ainda, a oportunidade de conhecer em linhas gerais um pouco dos sistemas de apoio à gestão, desenvolvidos pela Unidade Nacional do Sescoop, são eles: o Programa de Desenvolvimento Econômico-Financeiro (GDA) e Programa de Gestão de Desenvolvimento Humano (GDH) e Programa de Gestão de Desenvolvimento Humano (GDH), apresentados pela Gerente de Desenvolvimento da Gestão de Cooperativas do Sescoop Nacional, Susan Miyashita Vilela e pela Gerente de Desenvolvimento Social do Sescoop Nacional, Geâne Nazaré Ferreira, respectivamente.


‘Estamos vivendo um momento de reinvenção’ foi com esta mensagem que o diretor-presidente do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Marco Aurélio Borges de Almada Abreu abriu a reflexão sobre a temática do ‘cooperativismo no cenário da economia colaborativa’. Almada ressaltou que o fenômeno da utilização colaborativa dos bens comuns está mudando o mundo, a cultura e a forma de viver em sociedade. “Exemplo disso, são os avanços dos aplicativos com base nos Smartphones‎ que gera uma série de possibilidades que estão revolucionando a sociedade, e que chegam inclusive, em determinados setores do cooperativismo num grau de desafio muito elevado, como é o caso, por exemplo, das cooperativas de táxi, que por causa dos aplicativos enfrentam a entrada de outros atores no segmento deles. A mesma coisa acontece nas finanças e em vários segmentos da sociedade”, afirmou. 

Segundo Almada, a nova geração se satisfaz tendo acesso rápido das coisas, não precisa mais ter a propriedade para usar. “As pessoas não estão mais dispostas a esperar, e esta é uma tendência que veio para ficar e ela interage de tal forma que vai transformando a cultura. O que eu quero dizer é que nós estamos tendo algumas mudanças importantes que exige respostas das organizações, sendo elas cooperativas ou não, precisam dar respostas a essas mudanças e estar abertas para esta nova forma de pensar o mundo”, projetou.

O presidente Almada finalizou a palestra falando que organizações precisam estar abertas para esta nova forma de pensar o mundo. “A era da economia de escala está decadente e a economia lateral vem ganhando força, com a utilização da ociosidade do que já tem no mundo. O mundo que conhecemos é cheio de burocracia e o mundo da economia compartilhada, não. O desafio, de agora para frente, será a regulamentação dessas novas atividades”, afirmou Almada.



Ao final a presidente do Sistema OCDF-Sescoop/DF, Márcia Ionne Ramos Behnke destacou a relevância dos assuntos abordados pelo presidente Almada. “O que aprendemos aqui, não são  ensinamentos puramente teóricos, mas  ensinamentos que trazem reflexões práticas para nossa vida, e, principalmente que nos leva a pensar em processos de melhorias de gestão, governança e como podemos aproveitar as oportunidades provocadas pela chamada ‘nova economia’ para garantir o crescimento sustentável das nossas cooperativas. Além disso, o evento vem reafirmar que o Sistema OCDF-Sescoop/DF está no caminho certo, buscando constantemente a profissionalização e aprimoramento da gestão das nossas lideranças”, concluiu. Na ocasião, a presidente Márcia, agradeceu ao presidente Almada pela excelente contribuição. “Temos certeza de que todos sairão daqui hoje, refletindo bastante sobre o cooperativismo neste cenário da economia colaborativa”, declarou.

Abertura - A presidente do Sistema OCDF-Sescoop/DF, Márcia Ionne Ramos Behnke ao fazer a abertura do evento agradeceu a participação de todos e destacou a importância deles para fortalecer cada vez mais o cooperativismo do DF. “Este evento tem o objetivo de promover uma reflexão sobre o cooperativismo no cenário da economia colaborativa, um modelo de negócio que possibilita o compartilhamento de bens e serviços, e que cresce a cada dia mais pelo mundo”, defendeu Behnke.  

Aplicativo - Recentemente, a Ccooperativa de Trabalho de Profissionais de TI (Coopersystem) que vem se destacando pela experiência e inovação no desenvolvimento de soluções em tecnologia da informação e comunicação, desenvolveu uma ferramenta tecnológica que tem o objetivo de divulgar informações, e para tanto procurou o Sistema OCDF-Sescoop/DF para que, em parceria, pudessem validar um aplicativo que funcionará como ponto de disseminação de notícias de todas as cooperativas do DF, podendo agir fortemente como um catalizador para intercooperação e negócios pela rede internet. O Diretor Técnico da Cooperativa Coopersystem, Leomário Pereira, apresentou as funcionalidades do novo aplicativo. “A ferramenta tem como principal objetivo trazer as principais notícias da OCDF com acesso rápido e compartilhamento para os seguidores, além disso, é uma ferramenta de intercooperação”, afirmou.

Canal de Comunicação - Sendo mais um canal de comunicação entre o Sistema e as cooperativas, o app desenvolvido pela Coopersystem permite ainda personalizar com a logomarca da empresa e customizar todo o layout. Também será possível acompanhar e mensurar as notícias mais visitadas, as frequências que elas visitam, por quanto tempo ficam, enfim, será possível ter uma visão holística do conteúdo, por meio de relatórios.

Desafio – Para o Diretor-Presidente do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Marco Aurélio Borges de Almada Abreu o grande desafio é: “Como vai estar a cultura daqui a 5 ou 10 anos, e a pergunta é as cooperativas estarão aderentes a cultura, esse é o ponto porque absorver tecnologia não é tão difícil, mas lidar com novos comportamentos que vão surgindo é sempre mais desafiador. A experiência transacional que a gente tem com o mundo muda a cultura. 

Reinventar – Foi esta a mensagem que o presidente Almada deixou “nós estamos vivendo um momento de reinvenção que tem que ser encarado com seriedade, não é nada desesperador, eu acho que nós já aprendemos como lidar com a situação. Se nós voltássemos no tempo um ano, ou um ano e meio atrás as coisas estariam mais obscuras, agora elas estão ficando mais claras. As organizações precisam estar abertas para esta nova forma de pensar o mundo”, avaliou.

Contribuição – O superintendente do Sistema OCB, Renato Nóbile prestigiou o evento, e na oportunidade parabenizou o Sistema OCDF pela realização deste encontro que oportunizou aprendizagem e intercâmbio entre as lideranças do cooperativismo do DF. “Neste cenário da economia colaborativa é de suma importância pensar no crescimento sustentável das nossas cooperativas, pois o mundo está num processo intenso e acelerado de transformações, seja na forma de relacionamento, ou de negócios, e o cooperativismo precisa estar antenado para lidar com essas novas tendências de mercado”, comentou. Aproveitou para parabenizar o diretor presidente do Bancoob, Almada pela excelente apresentação.

Tendência – Diretora de Relacionamento e Negócios da Coopersystem e Diretora da OCDF, Elza Pacheco Lopes Cançado fez uma avaliação positiva do evento, e destacou a importância da palestra. “O tema central da palestra, “economia colaborativa”, trouxe-nos uma visão moderna das relações entre fornecedores e consumidores dos produtos de mercado. Sua fluência e os cases que apresentou encantaram os participantes, que ao final foram unânimes em afirmar o quanto é enriquecedor um evento dessa natureza. A iniciativa visa trazer ao segmento cooperativo conhecimento das mais modernas tendências de mercado, objetivo esse plenamente atingido neste encontro, o que certamente agrega valor na gestão de nossas cooperativas. O evento foi fechado com um delicioso jantar, ocasião em que os convivas tiveram mais uma oportunidade de fazer contatos, trocar experiências e exporem os serviços que suas cooperativas prestam. Parabéns ao Sistema, ganhamos todos!”, declarou.

De olho no futuro – a presidente da cooperativa Coopermais Saúde, Léa Silvestre da Silva prestigiou o evento e parabenizou o Sistema OCDF-Sescoop/DF pela oportunidade de trazer esta reflexão da economia colaborativa para as cooperativas. “Neste novo cenário que nos encontramos, onde os problemas sociais e ambientais se agravam cada vez mais, nós precisamos pensar no futuro das nossas cooperativas, precisamos substituir o acúmulo e praticar mais a divisão, a cooperação. Precisamos ter esse novo olhar de possibilidades que a economia colaborativa nos apresenta”, ressaltou.

Intercooperação – Para o Assessor Parlamentar da OCDF, Ruy Teles o evento foi uma oportunidade para promover a intercooperação. “Estes encontros promovidos pelo Sistema OCDF-Sescoop/DF são fundamentais para fortalecer o cooperativismo, pois, reúne líderes dos diversos segmentos do cooperativismo em momentos que possibilitam a integração, a troca experiências e até mesmo parcerias”, pontuou. 

Participação - O Encontro contou com a participação de 59 pessoas representando 19 cooperativas do Distrito Federal. Entre os participantes que prestigiaram o evento estavam a Presidente do Sistema OCDF-Sescoop/DF, Márcia Ionne Ramos Behnke; o vice-presidente e Diretor Sindical do Sistema OCDF, Leopoldo Rodrigues; o Superintendente do Sistema OCDF-Sescoop/DF, Remy Gorga Neto; o Superintende do Sistema OCB, Renato Nobile; o Diretor-Presidente do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Marco Aurélio Borges de Almada; a Gerente de Desenvolvimento da Gestão de Cooperativas do Sescoop Nacional, Susan Miyashita Vilela; a Gerente de Desenvolvimento Social do Sescoop Nacional, Geâne Nazaré Ferreira; e dirigentes das cooperativas Cem Limites; Cobap viagens, Coopa/DF; Coopermais Saúde; Coopersystem; Cooperville; Cooplem Idiomas; Sicoob Cooperplan; Sicoob Credijustra; Sicoob Empresarial; Sicoob Judiciário; Sicoob UniCentro Brasileira; Sol e Mar; Rede Alternativa; e colaboradores do Sistema OCDF-Sescoop/DF.

SAVE THE DATE – O Sistema OCDF-Sescoop/DF realizará no dia 25 de janeiro de 2018, o lançamento e adesão aos projetos de 2018, todas as cooperativas estão convidadas a participar! “Contamos com a participação de todos para fortalecer cada vez mais o cooperativismo do DF, pois, juntos somos mais fortes”, finalizou a presidente Márcia Benhke. 





 
SCS Qd.4 Bloco A - Salas 205 e 207 e 218 à 222 Edifício Embaixador Asa Sul – Brasília, CEP 70.300-907, TEL: (61) 3345-3036 FAX: 3245.3121